Seção do Blog

Últimas do Blog

Os transtornos causados pela hipertensão

Os transtornos causados pela hipertensão

A pressão alta, problema que atinge um em cada três brasileiros, foi o principal tema do Bem Estar desta terça-feira (1º). Para explicar os fatores de risco, as consequências e as formas de evitar a hipertensão, estiveram no estúdio o cardiologista e consultor Roberto Kalil, do Hospital Sírio-Libanês e do Instituto do Coração (Incor), e o cardiologista, nefrologista e especialista em pressão arterial Celso Amodeo, do Hospital do Coração (HCor).

A apresentadora Mariana Ferrão fez uma demonstração com uma garrafa plástica e um balão para representar o coração e a artéria, respectivamente. Quando se aperta a garrafa é apertada, obtém-se a pressão máxima. Quando o recipiente volta ao normal, mede-se o menor valor.

Kalil falou que a automedição de pressão é um problema, principalmente se a pessoa usar aparelhos que podem estar descalibrados e fizer isso aleatoriamente. Segundo o cardiologista, o hábito pode se tornar uma paranoia, além de induzir muitos a abandonar a medicação e os demais cuidados com a saúde.

Um dos maiores vilões da hipertensão é o sódio, mineral presente em alimentos industrializados e também no sal de cozinha. Há quem coloque sal em tudo: na salada, nos pratos quentes e nos já salgados. Em média, a população ingere três vezes mais sal por dia que o recomendado pelo Ministério da Saúde: 15g, em vez de 5g.

Se não tratada, a pressão alta pode levar a um derrame cerebral (ou AVC), infarto ou lesões no organismo, como obstruções cerebrais e arteriais, problemas nos olhos, crescimento do coração e mau funcionamento dos rins. Também pode motivar problemas de circulação nas pernas e nos genitais.

Para fazer a medição, segundo o nefrologista e especialista em pressão Décio Mion, é preciso que o paciente esteja sentado, relaxado e sem cruzar as pernas. O braço deve ficar na altura do coração. Alguns fatores podem alterar o resultado, como apresentar uma dor crônica, ter fumado ou tomado café minutos antes, ou estar com a bexiga cheia. Uma situação difícil na vida de uma pessoa também pode acusar uma falsa hipertensão.

Mion esclareceu que o número maior da pressão é quando o coração se contrai; e o menor é quando ele relaxa. A recomendação do médico é que o paciente perca peso, faça exercícios e coma menos sal. Ele também explicou que pessoas da raça negra costumam sofrer mais de hipertensão, assim como idosos e obesos. As mulheres apresentam mais o problema depois da menopausa, pois os hormônios femininos as protegem.

Os aparelhos que tiram a pressão pelo pulso não são muito confiáveis, de acordo com Mion. O melhor é fazer a verificação pelo braço, o que pode ser realizado por um farmacêutico – mas só o médico pode fazer uma avaliação completa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

?
http://www.balamarsprings.com michael kors outlet http://www.momscluboflafayette.com http://www.mmageneration.com mulberry sale fitflop sale canada goose outlet fitflop coast dresses barbour outlet canada goose uk canada goose outlet canada goose outlet canada goose outlet nike free run canada goose outlet barbour outlet barbour outlet