Seção do Blog

Últimas do Blog

Vitamica C no tratamento contra o câncer

Vitamica C no tratamento contra o câncer

Altas doses de vitamina C podem aumentar a eficácia dos tratamentos de quimioterapia em pacientes com câncer, sugerem pesquisadores da Universidade do Kansas, nos Estados Unidos.

O estudo, divulgado na publicação científica ‘Science Translational Medicine’, afirma que doses injetáveis de vitamina C podem ser um coadjuvante eficiente, seguro e barato no tratamento de mulheres com tumor nos ovários.

Na década de 1970, o químico Linus Pauling defendeu que a administração intravenosa de vitamina C poderia ser eficiente contra o câncer.

No entanto, testes clínicos em que a vitamina era ingerida pela boca falharam em replicar o mesmo efeito, e as pesquisas foram abandonadas.

Hoje se sabe que o corpo humano expele rapidamente a vitamina C quando ingerida pela boca.

Na pesquisa, os especialistas injetaram vitamina C em células cancerígenas do ovário em laboratório. Eles também repetiram o experimento em camundongos e em 22 pacientes com câncer de ovário.

Eles observaram que as células cancerígenas que receberam vitamina C em laboratório reagiram à substância, enquanto as células normais não foram afetadas.

Vitamina C injetável pode ajudar no tratamento contra câncer, diz estudo (Foto: BBC)

More

Cafeína auxilia na memorização

Cafeína auxilia na memorização

Milhões de pessoas no mundo inteiro ingerem, diariamente, cafeína que é um componente de diversas bebidas como café, chá, refrigerantes, energéticos, e também de alguns medicamentos e alimentos. Efeitos benéficos deste composto já vêm sendo descritos na literatura médica, principalmente na melhora da atenção, alerta e no aumento da capacidade cognitiva. Por outro lado, potenciais danos à saúde causados pelo uso indiscriminado de grandes quantidades também têm sido demonstrados.

Agora, uma pesquisa, recentemente publicada na revista Nature Neuroscience, traz uma boa novidade sobre a cafeína. O estudo revelou que a ingestão da substância melhora a memória de longa duração (aquela que é guardada por períodos longos e é mais permanente, ao contrário da memória de curta duração e da memória de trabalho, que são estocadas por períodos muito curtos).

Os pesquisadores conseguiram dissociar o efeito positivo da cafeína diretamente sobre a memória, de outros efeitos da cafeína que poderiam, indiretamente, melhorar o desempenho do participante num teste de memória, como o aumento da atenção, vigilância e cognição. Isso foi feito empregando-se um tipo de experimento chamado de administração pós-estudo, em que a droga é administrada após o sujeito ter estudado o material que teria que recordar.

O estudo incluiu mais de 100 participantes, que visualizavam centenas de imagens comuns em um computador. Cinco minutos após, eles ingeriram diferentes doses de cafeína em tabletes. Os participantes retornavam 24 horas depois, e viam mais imagens de objetos. Eles deviam responder se as imagens eram as mesmas, se eram novas, ou semelhantes, às do dia anterior. As pessoas que ingeriram a dose de 200 miligramas de cafeína tiveram melhor desempenho do que aquelas que ingeriram placebo, ou 100 miligramas de cafeína. Doses mais altas que 200 miligramas não tiveram maior efeito.

Mas, quanto é 200 miligramas (mg) de cafeína nos cafés e chás do nosso dia-a-dia? Esta é uma pergunta difícil de responder, pois há uma gama enorme de padrões de industrialização e preparo das bebidas. Um espresso (do italiano: retirado sob pressão) tem de 40 a 75 mg de cafeína. Uma xícara de café passado (240 ml) tem de 95 a 200 mg. Uma xícara de chá preto tem de 14 a 60 mg e de chá verde de 24 a 40 mg de cafeína.

More

35% das farmácias não têm farmacêutico, diz Censo

35% das farmácias não têm farmacêutico, diz Censo

No Brasil, 35% das farmácias e drogarias não têm farmacêutico em período integral. O que significa que, em determinados períodos do dia ou da semana, o atendimento ao público é feito sem presença do profissional responsável. A informação é do Censo Demográfico Farmacêutico, realizado pelo Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação do Mercado Farmacêutico (ICTQ). Os dados foram coletados junto aos conselhos regionais de farmácia do país entre agosto e dezembro de 2013.

Segundo o levantamento, ao todo, são 76.483 farmácias e drogarias no país, das quais 26.613 apresentam o problema. Já 4.852 estabelecimentos, ou 6% do total, não contam com farmacêutico em período algum. Por lei, o técnico farmacêutico responsável deve estar presente nas farmácias e drogarias durante todo horário de funcionamento.

Ainda de acordo com o censo, os estados de Alagoas e de Sergipe são os mais deficientes quanto à presença dos farmacêuticos: 97% das farmácias e drogarias dos dois estados não têm farmacêutico em período integral. No Pará e no Piauí, essa deficiência é de 95%.

More

Conheça as doenças mais perigosas do verão

Conheça as doenças mais perigosas do verão

O clima quente e as atividades típicas do período de férias promovem, nesta época do ano, um aumento de casos de hipertermia, diarreia, micose, queimaduras por sol e até lesões ortopédicas.

Abaixo, listamos alguns problemas mais comuns durante o verão:

Infecções alimentares

Queimadura solar

Bicho geográfico e bicho-de-pé na areia

Lesões ortopédicas em ‘atletas de fim de semana’

Hipertermia nos idosos

Alergias e infecções respiratórias por ar condicionado

More

Falta de sono causa danos ao cérebro

Falta de sono causa danos ao cérebro

Cientistas suecos apresentaram um estudo que esclarece um pouco melhor os danos cerebrais de uma noite sem dormir, o que poderia incentivar as pessoas mais festeiras a ir para cama mais cedo.

Esses pesquisadores em neurologia da Universidade de Uppsala analisaram amostras de sangue colhidas de 15 homens jovens e de boa saúde divididos em dois grupos: entre aqueles que dormiram oito horas e os que não dormiram.

Entre os que não dormiram, os cientistas constataram um aumento de cerca de 20% de duas moléculas, a enolase específica dos neurônios e a proteína S-100B.

“O número de moléculas do cérebro normalmente aumenta no sangue quando ocorrem lesões cerebrais”, indicou em um comunicado o coordenador do estudo, Christian Benedict.

“A falta de sono pode promover processos de neurodegeneração”, enquanto que, pelo contrário, “uma boa noite de sono poderia ter uma grande importância para a manutenção da saúde do cérebro”, acrescentou.

O estudo, que será publicado na revista “Sleep”, segue a linha de outro estudo publicado em outubro na revista “Science”, que concluiu que o sono acelera a limpeza de toxinas do cérebro.

Entre essas toxinas estão a beta-amilóide que, cumulativamente, promove a doença de Alzheimer, de acordo com pesquisadores da Universidade de Rochester (EUA), que trabalharam com ratos.

Globo Repórter - Cérebro (Foto: Rede Globo)

More

Os riscos do câncer de pele no verão

Os riscos do câncer de pele no verão

O câncer da pele é o tipo de tumor mais incidente na população – cerca de 25% dos cânceres do corpo humano são de pele. Pessoas que tomaram muito sol ao longo da vida sem proteção adequada têm um risco aumentado para esta doença. Isso porque a exposição solar desprotegida agride a pele, causando alterações celulares que podem levar ao câncer. “Tomar sol é algo cumulativo, que fica registrado para sempre no corpo”, afirma a dermatologista Marcia Puceli, especializada em câncer de pele pela Unifesp. Por isso que a prevenção deve acontecer desde a infância e durar por toda a vida.

Um estudo realizado com mais de duas mil pessoas no Reino Unido pela Instituição Nuffield Health alerta para um dado ainda mais preocupante: um terço das pessoas não consegue reconhecer os sintomas do câncer de pele. A pesquisa também comprovou que 49% dos participantes analisados acreditam que seu risco de desenvolver a doença é baixo ou inexistente.

Só lembrar a proteção nos dias de praia é um erro. Ir trabalhar, passear no parque, pegar ônibus, qualquer atividade fora de casa deve ser motivo você se prevenir contra os raios solares UVA e UVB – e o cuidado é ainda mais importante no caso de algumas pessoas mais sensíveis a doenças graves como melanoma e carcinoma. “Quem tem dificuldade para se bronzear, notou o surgimento de muitas pintas pelo corpo ou até mesmo nasceu com olhos azuis tem mais chance de ter câncer de pele, principalmente a partir dos 40 anos”, afirma a dermatologista espanhola Isabel Longo, da European Association of Dermatologic Oncology.

Mulher toma sol na praia - Foto: Getty Images

More

Os transtornos causados pela hipertensão

Os transtornos causados pela hipertensão

A pressão alta, problema que atinge um em cada três brasileiros, foi o principal tema do Bem Estar desta terça-feira (1º). Para explicar os fatores de risco, as consequências e as formas de evitar a hipertensão, estiveram no estúdio o cardiologista e consultor Roberto Kalil, do Hospital Sírio-Libanês e do Instituto do Coração (Incor), e o cardiologista, nefrologista e especialista em pressão arterial Celso Amodeo, do Hospital do Coração (HCor).

A apresentadora Mariana Ferrão fez uma demonstração com uma garrafa plástica e um balão para representar o coração e a artéria, respectivamente. Quando se aperta a garrafa é apertada, obtém-se a pressão máxima. Quando o recipiente volta ao normal, mede-se o menor valor.

Kalil falou que a automedição de pressão é um problema, principalmente se a pessoa usar aparelhos que podem estar descalibrados e fizer isso aleatoriamente. Segundo o cardiologista, o hábito pode se tornar uma paranoia, além de induzir muitos a abandonar a medicação e os demais cuidados com a saúde.

Um dos maiores vilões da hipertensão é o sódio, mineral presente em alimentos industrializados e também no sal de cozinha. Há quem coloque sal em tudo: na salada, nos pratos quentes e nos já salgados. Em média, a população ingere três vezes mais sal por dia que o recomendado pelo Ministério da Saúde: 15g, em vez de 5g.

Se não tratada, a pressão alta pode levar a um derrame cerebral (ou AVC), infarto ou lesões no organismo, como obstruções cerebrais e arteriais, problemas nos olhos, crescimento do coração e mau funcionamento dos rins. Também pode motivar problemas de circulação nas pernas e nos genitais.

Para fazer a medição, segundo o nefrologista e especialista em pressão Décio Mion, é preciso que o paciente esteja sentado, relaxado e sem cruzar as pernas. O braço deve ficar na altura do coração. Alguns fatores podem alterar o resultado, como apresentar uma dor crônica, ter fumado ou tomado café minutos antes, ou estar com a bexiga cheia. Uma situação difícil na vida de uma pessoa também pode acusar uma falsa hipertensão.

Mion esclareceu que o número maior da pressão é quando o coração se contrai; e o menor é quando ele relaxa. A recomendação do médico é que o paciente perca peso, faça exercícios e coma menos sal. Ele também explicou que pessoas da raça negra costumam sofrer mais de hipertensão, assim como idosos e obesos. As mulheres apresentam mais o problema depois da menopausa, pois os hormônios femininos as protegem.

Os aparelhos que tiram a pressão pelo pulso não são muito confiáveis, de acordo com Mion. O melhor é fazer a verificação pelo braço, o que pode ser realizado por um farmacêutico – mas só o médico pode fazer uma avaliação completa.

More

A importância da fisioterapia nas empresas

A importância da fisioterapia nas empresas

Hoje em dia a fisioterapia é de suma importância, pois ela atua no pré cirúrgico, pós-cirúrgico, em casos terminais, ortopédicos, pediátrico, geriátrica, neurológico, clínicas estéticas, entre outras.

Em todas essas aéreas a fisioterapia é indispensável, pois ela irá promover a melhora no quadro clínico do paciente, melhorando a qualidade  de vida. Se o paciente não realiza fisioterapia após um pós-cirúrgico, uma fratura, uma mastectomia, entre outras ele não vai ter um resultado bom, porque seu membro afetado não vai ter o mesmo movimento que antes, podendo ter sequelas, e ainda em pacientes neurológicos o paciente pode ficar mais atrofiado.

E não necessariamente nesses casos acima, no caso dos pacientes idosos a fisioterapia melhora o equilíbrio evitando quedas, na deambulação evitando perca de equilíbrio, no aumento da força muscular, nas atividades da vida diária e assim podendo melhorar sua qualidade de vida.

A fisioterapia é importante também em crianças que já nascem com algum problema neurológico, pois quanto mais você realiza fisioterapia, você estará evitando atrofia muscular, limitações de movimentos, se o paciente não anda, irão trabalhar para que ele consiga a andar. Se não realizar a fisioterapia vai continuar sempre no mesmo lugar, e a doença só irá progredir, ou seja, a fisioterapia ajuda a minimizar e a corrigir os problemas.

A fisioterapia também é vista em empresas que se preocupam com seus funcionários, devido ficar muito tempo na mesma posição em frente do computador, de pé em frente às máquinas. Nelas é realizado um trabalho de ergonomia do trabalho realizando também ginástica laboral a qual ajuda os funcionários a relaxarem durante o período de trabalho.

Portanto, sempre que necessitar de um fisioterapeuta, aproveite. Você deve estar com problemas e a ajuda de um fisioterapeuta é essencial para o seu bem-estar.

More

Como evitar os reflexos do trabalho noturno

Como evitar os reflexos do trabalho noturno

Quem trabalha no período noturno e precisa descansar durante o dia dorme menos e pior. Além disto, os hormônios melatonina e cortisol, bem como as citocinas inflamatórias salivares sofrem uma desregulação em sua produção, o que pode ser um indicador para diversas doenças, incluindo o câncer.

Devido à exposição à luz durante a noite, o organismo destes trabalhadores diariamente secreta menos o hormônio melatonina, que participa do controle dos ritmos biológicos, incluindo o que regula o sono. Ou seja, a mudança na quantidade de melatonina no organismo também altera o “relógio” pelo qual o corpo diz a hora de dormir. Quanto mais escuro e calmo um ambiente, mais melatonina tende a ser secretada e com mais sono a pessoa fica. A secreção de cortisol nesses trabalhadores, por sua vez, perdeu seu ritmo natural. Este hormônio prepara para situações de estresse, podendo prejudicar esta função. Além disto, melatonina e cortisol ajudam no controle das respostas aos agentes que invadem o corpo, como microorganismos, com destaque para o papel do cortisol.

E é justamente nesse ponto que entra a Clinimed Ocupacional. Quer evitar esse tipo de problema na sua empresa? Então nos procure!!!!

More
?
http://www.balamarsprings.com michael kors outlet http://www.momscluboflafayette.com http://www.mmageneration.com mulberry sale fitflop sale canada goose outlet fitflop coast dresses barbour outlet canada goose uk canada goose outlet canada goose outlet canada goose outlet nike free run canada goose outlet barbour outlet barbour outlet